Feeds:
Posts
Comentários

Nessa Terça-feira (27/10), a equipe de produção do XV Goiania Noise Festival e II Conferência Brasil Central Music concederá uma coletiva de imprensa pública, para divulgar as programações e o formato do evento que acontece em Goiânia no mês de Novembro.

A coletiva será transmitida ao vivo pela Web Rádio Abrafin, bastando acessar o endereço http://www.abrafin.com.br , e pela Web Tv Fora do Eixo no endereço foradoeixogoias.wordpress.com .

Local: Pop House – Rua 1145, nº 228, Qd. 262, Lt. 03, Marista.
Horário: 09:30

Aberto a toda imprensa, comunicadores e ao público interessado.

Anúncios

Pontapé inicial

Por Eduardo Oliveira | Coletivo Esquina

Shows marcantes e boa organização na festa de lançamento do Coletivo Esquina, em Brasília.

Depois de vários meses se organizando, finalmente chegou a hora do Coletivo Esquina se apresentar para o público, com seu primeiro evento na cidade. Quatro bandas, duas de Brasília e duas de Goiás, além de vários DJs, estavam encarregados de animar a festa de lançamento do coletivo. O Lady Lanne subiu ao palco às 23h50 e se apresentou com o som redondo, o mais bem equalizado da noite. O público, inicialmente pequeno, foi crescendo no decorrer do show, que durou meia hora.

O country-folk candango de Pedrinho Grana e os Trocados, projeto paralelo de Pedro Silva, guitarrista e vocalista do Gramofocas, foi a segunda atração da noite. O baixista do Los Torrones, Wally Holly, se juntou a Pedrinho, André Vasquez (Sapatos Bicolores) e Guigo (The Pro), substituindo o baixista Nandico, que não pode participar do show. A apresentação teve o mesmo clima de descontração presente no CD A Aurora do Deicida, gravado por Gustavo Bill no estúdio Macaco Malvado e que tem tudo para entrar nas listas de melhores discos independentes do ano. Músicas como Carga Pesada, Maléfico Fantasma e Beibe animaram o público, que crescia a cada música.

O show seguinte foi certamente o mais explosivo da noite. A casa já estava cheia, e o Enema Noise mostrou a que veio logo no seu show de estreia. A performance dos integrantes da banda, que pareciam possuídos pelas músicas que tocavam, impressionou o público. Quem conhecia as duas músicas disponíveis no myspace da banda – Dangerous Desire e Out of Control – não se decepcionou com o resto do repertório, cheio de força e o peso, carregado de efeitos nas guitarras e no vocal. Mas o ponto alto foi o final caótico do show. Ao sair de casa, o público presente certamente não esperava assistir a um ritual de (quase) destruição das guitarras no fim do show, algo raro de se ver por aí.

Depois de um show tão marcante, os headliners da noite tinham uma difícil missão de segurar o público até o fim. Mas os goianos do The BackBiters encararam bem o desafio. A banda veio à cidade divulgar seu disco de estréia, lançado pela Monstro Discos, que foi distribuido para os 20 primeiros pagantes que entraram na festa. A influência clara de Hellacopters, com ecos do rock setentista, agradou o público, que já estava menor, mas não menos animado. A banda impressionou pelo entrosamento dos integrantes com seus instrumentos, o que demonstrou o profissionalismo do quarteto.

Terminado o último show, os mais animados ainda puderam curtir a discotecagem de Gustavo Bill no segundo andar do pub, e os mais cansados descansar e beber uma cerveja na área externa do pub, que permaneceu cheia por um bom tempo. O balanço final da festa foi positivo, dando uma boa amostra do potencial do Coletivo Esquina. O evento foi bem organizado e os shows com pouco atraso. Representantes da imprensa local e de outros coletivos, como o Cultcha, de Taguatinga, figuravam entre as 193 pessoas presentes, número ideal para o tamanho do pub. Um ótimo começo para o coletivo. Que venham os próximos shows!

link para matéria no blog da Esquina:
http://www.coletivoesquina.blogspot.com/

Cultura, Empreendedorismo, América Latina, Economia solidária, Música, Debates. Tudo bem pertinho da Floresta.

O Festival Varadouro, trilhando rumos para a diversidade não só musical, como cultural nunca esteve tão próximo do seu conceito íntimo: abrir caminhos. Esse ano, sua 5° edição, acontece no Amazônia Rio, um local que tem como vizinho, nada mais, nada menos que o rio Acre e a floresta amazônica por todos os lados. Com dois palcos, atrações locais, nacionais e da América latina, o festival, já consolidado como um dos maiores da região norte, garante que esse ano vai ser o melhor de todos. Não poderia ser diferente. As bandas Curumim (SP), La Mente (PERU), Cidadão Instigado (PE), Trilobit (PR), Plano Próximo (SP), Soda Acústica(RO), Sps12 (AP), Mostruo (ARG), Devotos (PE) e Móveis Coloniais de Acajú (DF) junto às bandas locais Caldo de Piaba, Mapinguari Blues, Camundogs, Capuccino Jack, Cacho John, Capu, Filomedusa e Nicles vão fazer barulho na floresta e impressionar o público nas três noites do festival. O Amazônia Rio fica ao lado da terceira ponte, na Via Verde e a entrada franca até as 20 horas. A partir das 20 horas, ingressos à R$ 5,00

Na semana que antecede o festival, Rio branco também sedia o II Congresso Fora do Eixo que vai reunir, no Amazônia Eventos, diversos agentes culturais representantes de pontos fora do eixo situados nos mais variados estados brasileiros. O encontro vai debater durante sete dias, temas ligados ao universo da cultura brasileira, entre eles: economia criativa, artista e mercado musical, tecnologia social, empreendedorismo e economia solidária. No final dos dias de debates, palestras e GT’s, pocket shows nos parques urbanos Capitão Ciríaco e Horto Florestal e no calçadão do novo Mercado Velho com artistas locais e nacionais. Varadouro 2009 e II Congresso Fora do Eixo: a música independente celebrada na floresta.

banner_blog_ varadouro 2009

ESCALAÇÃO FESTIVAL VARADOURO 2009

Sexta 25/9

1 -Soda Acústica RO 20h http://www.myspace.com/bandasodacustica

2 – Capuccino Jack AC 20h40 http://www.myspace.com/capuccinojack
3 – Devotos PE 21h20 http://www.myspace.com/oficialdevotos
4 – Caldo de Piaba AC 22h00 http://www.myspace.com/caldodepiaba
5 – Plano Próximo SP 22h40 http://www.myspace.com/planoproximo
6 – La mente PERU 23h20 http://www.lamenteperu.com/
7 – Mapinguarí Blues AC 00h00 http://www.myspace.com/mapinguariblues

Sábado 26/9

1 – Sps12 AP 20h00 http://www.myspace.com/bandasps12
2 – Grupo Capú AC 20h40 http://www.twitter.com/grupocapu
3 – Guizado SP 21h20 http://www.myspace.com/guizado
4 – Camundogs AC 22h00 http://www.myspace.com/camundogs
5 – Mostruo ARG 22h40 http://www.myspace.com/mostruo
6 – Cidadão Instigado CE 23h20 http://www.myspace.com/cidadaoinstigado
7 – Los Porongas AC 00h00 http://www.myspace.com/losporongas

Domingo 27/9

1 – Caro John (Interior) AC 20h00 http://www.acciolytk.blogspot.com
2 – Floresta Sonora PA 20h40 http://www.myspace.com/florestasonora1
3 – Nicles AC 21h20 http://www.myspace.com/bandanicless
4 – Trilobit PR 22h00 http://www.myspace.com/bandatrilobit
5 – Filomedusa AC 22h40 http://www.myspace.com/filomedusa
6 – Curumin SP 23h20 http://www.myspace.com/curumin
7 – Moveis Coloniais de Acajú DF 00h00 http://www.myspace.com/moveis

II Congresso Fora do Eixo

Texto: Pricila Bonfim

Neste último final de semana (05 e 06 de Setembro) a cidade de Inhumas – GO se transformou em um palco musical recheado de bandas que fazem parte do circuito alternativo do Brasil inteiro. Em sua quinta edição o Goiaba Rock Festival, que é um dos maiores festivais de música independente do estado de Goiás, proporcionou uma enorme mistura de ritmos e diferentes formas de se fazer música de qualidade.

Os shows foram divididos em dois palcos sendo o Palco Abrafin / Fora do Eixo montado na Praça do Estudante com shows durante o dia e gratuitos à população e o Palco Nova Música Novo Mundo dentro do Ginásio Firmo Luiz com apresentações durante a noite.
No dia 05 dentre várias apresentações algumas bandas se destacaram bastante. Os garotos da Dissidente (MG) mostraram que a música pode ser um grande instrumento de conscientização política e social. De Brasília, duas excelentes bandas Brown Ha e Gilberto Come Bacon que incendiou o fim de tarde com a sua percução bem afiada. À noite a qualidade e empolgação das bandas continuaram a todo vapor; o pessoal da Macacos Gordos (Inhumas) que o digam mostrando muita atitude e presença.

Já no dia 06 houve uma invasão anapolina no Palco Abrafin / Fora do Eixo, começando com a Behind The Horror no seu estilo metal e agressivo. Depois Lady Lane – a banda da tequila – convenceu a todos de que “Beer is good but Tequila is faster”.E fechando as apresentações anapolinas Evening mostrando um som eletrizante, além de serem membros do Coletivo Pequi dando um show de organização de palco durante todo o evento. Já a Casa da Tia (Inhumas) escolheu o Goiaba para a sua grande estréia mostrando, em casa, um som despojado e irreverente que levantou a galera.

À noite Maísa, vocalista e guitarrista da Vitrolas Polifônicas (MT), mostrou que rock e samba se misturam sim e que Rock n’ Roll não é só para meninos. Lá do Piauí, Roque Moreira trouxe música regional mesclada com xote, reagge, baião e tudo mais que eles tinham direito. E para fechar o evento, a banda mais aguardada, O Teatro Mágico (SP) provou que para promover cultura não há limites. A arte circense, música, consciência social somados torna-se parte de uma receita de “banda sucesso”, promovendo um show totalmente encantador.

Vale lembrar que o Goiaba Rock Festival não foi apenas um evento musical, durante toda a semana foi promovido seminários, palestras e ações ecológicas. Pois manifestações artísticas devem sempre ser utilizadas a serviço de informar e ajudar nos problemas enfrentados pela sociedade, e que foi muito bem desempenhadas pelo projeto. Esperaremos ansiosos pela edição de 2010!